Ads Header

Ode to my Family - Cranberries


Ode to my family é um single gravado no ano de 1994 pela banda de rock alternativo irlandesa The Cranberries que ganhou fama durante a década de 1990, vendendo mais de 14,5 milhões de álbuns nos Estados Unidos. A música figurou entre as melhores na maioria dos países europeus logo no lançamente, conseguindo ficar no quarto lugar entre as mais ouvidas na França à época. Este é sem dúvidas um dos maiores sucessos do grupo e narra a infância simples que teve a vocalista da banda, Dolores O´Riordan, e dos rumos que tomou na vida. A banda encerrou suas atividades temporariamente em 2003. E anunciou recentemente o retorno aos palcos em novembro de 2009 numa turnê pela América do Norte, que prossegue no início de 2010 pela América do Sul e pela Europa.


A letra:
Ode To My Family
Understand the things I say,
Don't turn away from me
'Cause I spent half my life out there
You wouldn't disagree
D'you see me, d'you see
Do you like me, do you like me standing there
D'you notice, d'you know
Do you see me, do you see me
Does anyone care

Unhappiness, where's when I was young
And we didn't give a damn
'Cause we were raised
To see life as fun and take it if we can
My mother, my mother she hold me,
Did she hold me when I was out there
My father, my father, he liked me
Oh he liked me, does anyone care

Understand what I've become,
It wasn't my design
And people everywhere think
Something better than I am,
But I miss you. I miss
'Cause I liked it, 'cause I liked it
When I was out there
D'you know this, d'you know
You did not find me, you did not find
Does anyone care

Unhappiness, was when I was young
And we didn't give a damn
'Cause we were raised
To see life as fun and take it if we can
My mother, my mother she hold me,
Did she hold me when I was out there
My father, my father, he liked me
Oh he liked me, does anyone care , does anyone care?


A tradução:
Ode à Minha Família
Entenda as coisas que eu digo,
Não vire as costas para mim
Porque eu passei metade da minha vida lá fora,
Você não faria diferente
Você me compreende? Você compreende?
Você gosta de mim? Você gosta de mim ficando lá?
Você percebe? Você sabe?
Você me compreende? Você me compreende?
Alguém se importa?

Infelicidade havia quando eu era jovem
E nós não dávamos importância
Porque nós fomos educados
Para ver a vida como diversão e levá-la se pudermos
Minha mãe, minha mãe, ela me abraça,
Ela me abraçou quando eu estava lá fora?
Meu pai, meu pai, ele gostava de mim,
Oh, ele gostava de mim, alguém se importa?

Entenda no que eu me tornei,
Esse não era meu projeto
E pessoas de todo lugar pensam
Alguma coisa melhor do que eu sou
Mas eu sinto sua falta, eu sinto falta
Porque eu gostava disso, porque eu gostava disso
Quando eu estava lá fora
Você percebe? Você sabe?
Você não me encontrou, você não encontrou
Alguém se importa?

Infelicidade havia quando eu era jovem
E nós não dávamos importância
Porque nós fomos educados
Para ver a vida como diversão e levá-la se pudermos
Minha mãe, minha mãe, ela me abraça
Ela me abraçou quando eu estava lá fora?
Meu pai, meu pai, ele gostava de mim,
Oh, ele gostava de mim, alguém se importa, alguém se importa?

1 comentários:

Hiago Blogspot disse...

Herdei a herança do gosto pelo cranberries do meu pai,amo toca essa musica no violão,sem duvida essa musica é uma das minhas preferidas junto com linger,dreams,zombie,animal instinct e free to decide.

Boo-box