Ads Header

Ace of Spades - Motorhead


Um verdadeiro clássico do Heavy Metal para todos os gostos. Ace of Spades (Ás de espadas) é o nome da canção e também do álbum que saiu em outubro de 1980, é considerado por muitos como o ápice, o melhor momento registrado pelo Motörhead, o álbum que capturou a banda no seu auge. Com esse álbum a banda ganhava pela primeira vez notoriedade, aparecendo na capa do LP, no lugar da rotineira ilustração, fato que iria se repetir somente em 1996 com o Overnight Sensation. Ace of Spades, foi gravado com o produtor mais requisitado da época, Vic Maile. Com todo o sucesso, o disco tournou-se um dos maiores clássicos na história do Heavy Metal, fazendo do Motörhead um grande nome na cena metálica.
Motörhead é uma banda de rock britânica, formada em 1975, na Inglaterra pelo vocalista, letrista e baixista Lemmy Kilmister. É conhecida pelo seu peso e velocidade, que influenciou muitas bandas de heavy, thrash metal e punk rock (James Hetfield, líder da banda norte - americana Metallica, disse numa entrevista, que a sua principal inspiração quando formou o Metallica, foi o Motörhead).


A letra:

Ace Of Spades
If you like to gamble, I tell you I'm your man
You win some, lose some, It's all the same to me
The pleasure is to play, makes no difference what you say
I don't share your greed, the only card I need is

(2x)
The Ace of Spades

Playing for the high one, dancing with the Devil
Going with the flow, it's all a game to me
Seven or eleven, snake eyes watching you
Double up or quit, double strake or split

(2x)
The Ace of Spades

You know I born to lose, and gambling's made for fools
But that's the way I like it baby
I don't wanna live forever
And don't forget the Joker

Pushing up the ante, I know you've got to see me
Read 'em and weep, the dead man's hand again
I see it in your eyes, take one look and die
The only thing you see, you know it's gonna be

(2x)
The Ace of Spades


A tradução:
Ás de Espadas
Se você gosta de apostar, eu digo que sou seu homem.
Você ganha algo, perde algo, é a mesma coisa pra mim.
O prazer é jogar, não faz diferença o que você diz.
Eu não compartilho da sua ganância, a única carta que preciso é

(2x)
O ás de espadas

Jogando pelo mais alto, dançando com o diabo,
Indo com a correnteza, é tudo um jogo pra mim,
Sete ou onze, olhos de cobra observando você
Dobre ou desista, prêmio duplo ou dividido

(2x)
O ás de espadas

Você sabe que nasci pra perder, e apostas feitas para tolos,
Mas esse é o jeito que eu gosto baby,
Não quero viver pra sempre,
E não esqueça do coringa!

Levantando a aposta, eu sei que você tem que me ver,
Leia-os e chore, a mão do homem morto novamente,
Eu vejo isso em seus olhos, dê uma olhada e morra,
A única coisa que você vê, você sabe que vai ser

(2x)
O ás de espadas

3 comentários:

Tarcicio Andrade disse...

É contagiante, meu velho...mas eu prefiro o forró pé-de-serra...Achom que voce também não veria graça.

Janoca disse...

Piro nesse som. Ocorre que quem não gosta não se convence nem com um clássico desses. Ao mesmo passo que eu não gosto de funk, pagode, sertanejo, forró etc, por mais que me apresentem o melhor de cada um destes estilos.

renan disse...

Ouço muita gente falar: "Odeio esse tipo de rock porque não entendo a letra e por isso escuto Latino, Michel Teló, Luan Santana e Restart(rock de mentira)."
Eu prefiro ter o trabalho de procurar a letra do que escutar isso. As letras das músicas antes mostravam algo interessante, mas agora mostram uma falta de criatividade e falta de cultura enorme.

Boo-box