Ads Header

Come as you are - Nirvana


Vamos falar de eternos sucessos da música. "Come As You Are" é uma terceira faixa do álbum Nevermind e a segunda faixa do álbum MTV Unplugged in New York da banda grunge Nirvana. É uma das composições mais famosas de Kurt Cobain. Lançada em 1991 como single, a faixa é frequentemente utilizada em filmes e seriados, sendo sempre lembrada por seu "riff" inicial. A música é composta em torno de um riff bem simples de guitarra com a bateria ao fundo, e sua letra fala sobre a verdade das pessoas. É uma dos maiores sucessos do Nirvana. Na opinião de muitos ela é uma das mais famosas músicas de rock da história. Também há os que acreditem que ela é a maior "indireta de Cobain" para com seu suicídio, ocorrido em 5 de abril de 1994, principalmente em razão dos trechos:  "And I swear that I don't have a gun, No I don't have a gun, no I don't have a gun". Relembre a música no vídeo abaixo:


A letra: 


Come As You Are
Come as you are, as you were,
As I want you to be, as a friend,
As a friend, as an old enemy

Take your time, hurry up
Choice is yours, don't be late
Take a rest, as a friend

As an old memory, memory,
Memory, memory

Come dowsed in mud,
Soaked in bleach,
As I want you to be

As a trend, as friend,
As an old memory, memory,
Memory, memory,

And I swear that I don't have a gun
No I don't have a gun, no I don't have a gun

Memory, memory, memory (don't have a gun)

And I swear that I don't have a gun
No I don't have a gun, no I don't have a gun
No I don't have a gun, no I don't have a gun

Memory, memory


A tradução:

Venha Como Você Estiver
Venha como você estiver, como você já foi
Como eu quero que você seja, como um amigo,
Como um amigo, como um velho inimigo

Venha no seu tempo, se apresse
A escolha é sua, não se atrase
Descanse, como um amigo

Como uma antiga lembrança, lembrança
Lembrança, lembrança

Venha afundado na lama,
Com suas roupas alvejadas,
Como eu quero que você seja

Como uma tendência, como um amigo,
Como uma antiga lembrança, lembrança,
Lembrança, lembrança,

E eu juro que não tenho uma arma
Não, eu não tenho uma arma,

Lembrança, lembrança, lembrança (não tenho uma arma)

E eu juro que não tenho uma arma
Não, eu não tenho uma arma,não, eu não tenho
Não,eu não tenho uma arma,não, eu não tenho uma arma

Lembrança, lembrança

2 comentários:

BitaBit disse...

Kurt!

kal disse...

e quem garante que foi suicídio, ja que o pai da ex dele escreveu uma biografia não autorizada dela, na qual falava que ela teria pago para alguém matá-lo. Tem até um cara que disse que ela ofereceu uma certa quantia para que ele o matasse, mas ele recusou o "serviço".
Diante disso não consigo ver esta letra como sendo uma indireta, ja que a letra foi escrita anos antes da morte do kurt. Sem contar que a tal carta de despedida começava com a letra dele e terminou com uma letra totalmente diferente. dizem que a parte que tinha a letra dele, seria uma carta que ele estava escrevendo para a filha dele e não tinha "tom" de despedida.

Boo-box